Segundo governo paquistanês, muitos moradores estão presos sob escombros.

Avalanches ocorreram após as fortes chuvas das últimas 24 horas.

Pelo menos 57 pessoas morreram após avalanches na Caxemira controlada pelo Paquistão nas últimas 24 horas, disseram autoridades do governo nesta terça-feira (14).

O governo informou que muitos moradores ainda estão presos sob escombros na área do vale Neelum, após fortes chuvas que também provocaram deslizamentos de terra.

O número de desaparecidos não foi informado.